Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
 

Com o auditório da Udesc lotado por pais, familiares, convidados, ex-alunos, e policiais ambientais, aconteceu na quinta-feira, 19, a formatura da oitava turma de Protetores Ambientais, programa desenvolvido desde 2011 pela Polícia Militar Ambiental (PMA). A iniciativa tem como objetivo despertar a consciência ambiental nos jovens que participam do grupo.

A conclusão de mais uma edição do curso é avaliada positivamente pela corporação. “É um projeto de sucesso, solidificado, e tem muitos elogios em todos os lugares onde está presente. Em Laguna não é diferente, trabalhamos esse projeto há algum tempo e neste ano só temos a comemorar o sucesso que foi essa turma”, avalia o comandante da PMA, capitão Fernando Magoga.

Em 2019, o programa contou com apoio de recursos através do Fundo da Infância e Adolescência, repassados à Ambiental pelo Conselho Municipal de Defesa da Criança e Adolescente (CMDCA).

Ao todo, 25 alunos foram formados. Entre eles está o jovem Luiz Antônio Tavares, 13 anos, estudante do 7º ano do Colégio Stella Maris, que diz ter ficado honrado em poder participar do projeto. “Foi uma experiência muito boa, fizemos muitos amigos, novos laços. É algo que nunca vou esquecer”, comenta o menino, que promete voltar no próximo ano, como “veterano”. “Com certeza o que aprendemos nesse curso é um conhecimento valioso, e que deve ser passado adiante”, garante.

Na visão do sargento Marcelo Alfonso Silva, coordenador de educação ambiental na PMA de Laguna, o programa auxiliou muitos os alunos, principalmente na questão do comportamento e rendimento escolar. “Já foi dado o sinal verde para termos mais uma turma em Laguna [em 2020] e em outras cidades, conforme o comando”, adianta

Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna