Foto: Sinte / Agora Laguna
 

Os primeiros 70 alunos da história da unidade de Laguna do Colégio Militar Feliciano Nunes Pires vão iniciar suas aulas em um prédio provisório: o centro comunitário do bairro Magalhães, mantido pela paróquia local. Isso acontece porque as obras de restauro e ampliação da extinta escola Jerônimo Coelho não estão concluídas.

A informação foi confirmada ao Portal Agora Laguna, pelo coronel Jefer Francisco Fernandes, comandante da 8ª Região de Polícia Militar (PM) de Tubarão. “Essa [locação do espaço] vai ser a contrapartida do Município inicialmente e a partir do dia 6 de fevereiro já iniciam as aulas ali”, adianta Fernandes.

O oficial detalha, ainda, que exatamente um mês antes do início do ano letivo, os policiais que vão atuar no colégio de Laguna passaram pelo processo de transferência de funções, em ação que deve durar ao menos dois dias. A princípio, está confirmado que a direção da unidade será exercida pelo major Peterson do Livramento, que atualmente comanda a Guarnição Especial da PM de Braço do Norte. A equipe de agentes vem passando nos últimos meses por diversos treinamentos nas demais unidades para compreender o funcionamento do colégio policial militar.

Para oferecer a contrapartida à polícia, a prefeitura de Laguna apresentou projeto à Câmara de Vereadores, que foi aprovado no início do mês e publicado no Diário Oficial dos Municípios, no último dia 23. Pelo documento, a administração municipal vai pagar mensalmente R$ 7,5 mil por até seis meses para usar o espaço. Atualmente, o local sedia a escola Ana Gondin, que deve ser transferida para o novo prédio no começo de 2020.

Colégio Militar

A ideia da vinda de uma unidade escolar militar para a cidade juliana surgiu em 2016 e foi encampada pelo governo catarinense em 2017. Um ano depois, a implantação foi confirmada com a criação do Colégio Militar de Laguna através de um decreto assinado pelo então governador Eduardo Moreira (MDB), em um de seus últimos atos à frente do Executivo barriga-verde.

Além de Laguna, a PM mantém unidades do Colégio Feliciano Nunes Pires em Florianópolis, Joinville, Blumenau e Lages.