Foto: Elvis Palma/Agora Laguna
 

A expectativa inicial de entregar o emissário terrestre da bacia A do Mar Grosso até o início de dezembro vai ser adiada em mais algumas semanas, segundo informou o chefe da agência da Casan de Laguna, Giovani Pickler. A companhia iniciou as obras de redirecionamento do sistema de esgoto do bairro para a Vila Vitória no fim de outubro.

“Estamos vendo se a gente consegue entregar até o final de dezembro só que pode atrasar um pouco. Pode ter chuva no período, podemos pegar pedras no subsolo e outros imprevistos no caminho. A gente quer entregar essa obra até o final de dezembro se for possível e estamos fazendo o possível”, afirma Pickler.

Ainda conforme Pickler, os trabalhadores já alcançaram a avenida Aderson Pinho Remor (que dá acesso ao Molhes) e até sexta-feira, 29, devem chegar na João Pinho. Neste ponto, explica, está havendo estudos de como a continuidade será feita: se haverá necessidade de cortar o asfalto (chegando próximo à Fundação Bradesco) ou se a rede passará por baixo do pavimento. Caso a segunda opção seja escolhida, será preciso a contratação de uma empresa especializada nesse tipo de ação.

Em outubro, quando as obras iniciaram, o engenheiro Alcides Pazetto, sócio-proprietário da construtora Incosan, vencedora da licitação, disse que havia interesse da empresa em entregar o emissário o quanto antes. “Nós temos um compromisso com a Casan e com a comunidade de tentar reduzir [o prazo] o máximo possível. Temos uma ideia de deixar esse sistema funcionando, pelo menos a parte principal, para o início de dezembro”, garantiu ao Portal.

A obra tem valor avaliado em R$ 1,89 milhão. Os recursos foram disponibilizados pela Caixa Econômica Federal e há contrapartida da companhia de saneamento que deu a mão de obra e materiais. A nova rede tem objetivo de evitar a repetição de obstruções, como a que ocorreu em dezembro de 2018 com o entupimento da estrutura, o que causou grandes transtornos durante a alta temporada. “A obra está num ritmo muito bom”, avalia Pickler.

A nova rede tem 2.718 metros de extensão, com 315 milímetros de diâmetro formados por tubos de polietileno. Ela inicia na rua Carazinho (próximo ao Laguna Praia Clube), segue pela René Rollin e alcança a avenida Aderson Pinho Remor (Molhes), e deste ponto em diante segue pela Padre Manoel João, Toledo Pizza, São Pedro, José Vitorino de Lima, Travessa Zeferino Castro e alcança a rua Universal, onde fica a ETE da Vila Vitória.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna