Foto: Recep Tiryaki/FreeImages
 

Pacientes de Laguna que aguardavam há anos pela cirurgia de catarata vão participar no sábado, 16, de um mutirão promovido pelo Hospital Santa Teresinha (HST), de Braço do Norte, com apoio do governo estadual, e poderão realizar o tão sonhado procedimento. As cirurgias iniciaram nesta sexta-feira, 15, e vão seguir até o domingo, 17.

Ao todo, 600 pessoas serão beneficiadas nesta edição, a quarta realizada pelo hospital de Braço do Norte. Destes, segundo a secretária municipal de Saúde, Valéria Olivier, 34 são de Laguna.

“Estamos muito orgulhosos de realizar a quarta edição deste importante mutirão que beneficia pacientes de todo Sul do estado, fomos escolhidos mais uma vez pelo resultado e bom desempenho de nossa equipe no acolhimento, organização e atendimento dos beneficiados”, comemora o advogado Pedro Michels Neto, presidente do hospital de Braço do Norte.

Os procedimentos, realizados por profissionais contratados pelo Estado, ocorrem durante todo o dia e são seguidas dos retornos pós-cirúrgicos no dia seguinte. “O processo é rápido, no mesmo dia os pacientes realizam suas consultas e avaliações, além do procedimento pré-operatório e cirúrgico. Após preenchidos alguns requisitos, como pressão estável, diabetes controlada em pacientes com a enfermidade e dilatação da vista o procedimento leva apenas três minutos em média. Dessa forma conseguimos atender essa grande demanda em poucos dias”, detalha o diretor técnico do HST, Dr. José Nazareno Goulart Junior.

Municípios

Além de Laguna, as cirurgias vão atender pacientes de Armazém, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Grão Pará, Gravatal, Imaruí, Imbituba, Jaguaruna, Laguna, Pedras Grandes, Rio Fortuna, Sangão, Santa Rosa de Lima, São Ludgero, São Martinho, Urussanga e Tubarão.

O HST informou que Pescaria Brava também estaria no grupo de cidades contempladas pelo mutirão, mas conforme o secretário de Saúde, Henrique de Souza, o município mais novo da região não tem fila de espera para este procedimento.


Atualizado às 16h