Agora Laguna
 

Portal Agora Laguna trouxe durante a semana o relato de uma vítima de ataque feito por um motociclista na entrada da Praia do Ipuã, na região da ilha, enquanto se dirigia para o trabalho em uma escola de Laguna. Segundo apuramos, um homem de jaqueta na cor verde-limão seguiu a mulher solicitando que ela parasse com sua motocicleta Honda Biz.

A informação foi divulgada em 7 de novembro e na sequência mais duas mulheres, uma também na região da ilha, e a segunda no Centro de Laguna contaram que foram vítimas de situação semelhante.

“Final da tarde, quase chegando em minha casa, fui abordada por um meliante. Inicialmente, eu havia visto [ele] no acostamento e logo em seguida, ele passou por mim e me abordou de uma forma nada amistosa”, relata uma das mulheres. Ela seguia no último dia 5, no sentido Camacho-Centro, e diz ter gritado muito e que após isso o bandido fugiu.

O depoimento é semelhante ao publicado pelo Portal, já que, segundo a vítima, “o mesmo trafega numa moto, e estava com uma jaqueta verde-neon”. Já o terceiro caso não envolve uma moto, e sim uma pessoa que estava dentro de um carro de cor preta. “Avistou eu saindo, e logo veio me seguindo, eu andava rápido e ele mais ainda, tentou me agarrar por trás, depois me seguiu todo o caminho”, conta a mulher, que foi seguida após sair de um supermercado no Centro.

Polícia investiga casos

Ao Portal, o delegado Franco Reginato, responsável pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e ao Idoso (Dpcami), informou que já foram iniciados os trabalhos de investigação sobre os casos relatados. “Estamos diligenciando para identificar o suspeito”, detalha.

Para o delegado, as pessoas devem redobrar a atenção e ter cuidado. “Oriento que mulheres e crianças da região evitem deslocamentos solitários. A preferência é no sentido de caminharem em grupos e evitarem o período noturno”, alerta Reginato.

Qualquer informação que possa colaborar com a polícia pode ser passada pelo telefone 190 da PM ou no WhatsApp da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), (48) 9 9176-0173.