Foto: Editoria de Arte/Evilym Cardoso
 

TEVE ELEIÇÃO no final de semana para a função de Conselheiro Tutelar e para muitos já foi possível observar e projetar o que vem pela frente, principalmente para os cargos de vereadores e prefeito. O que vimos foi um verdadeiro esquema político montado e articulado em alguns casos que chamou a atenção em todos os aspectos. Minha opinião.

Divulgação

PRACINHA NO BAIRRO. Merece destaque o trabalho feito pelos moradores da Passagem da Barra que botaram a mão na massa e realizaram um belo trabalho, pondo em prática o projeto “Pracinha no Bairro”. Agora, a criançada tem um local para brincar e se divertir. Meus parabéns, ficou show de bola e quem realmente ganha são todos os moradores. No Dia das Crianças mais uma vez vão estar reunidos para a inauguração oficial do espaço.

#RAPIDINHAS: após um ano, a ideia inicial de transferir para uma entidade filantrópica a organização e manutenção do estacionamento rotativo não deve sair dos planos, muito menos do papel. Isso porque a prefeitura de Laguna deve assumir a gestão e passar a cobrar em breve pelas vagas. Agora é aguardar, algo precisa ser feito que como caiu no esquecimento muitos deixam seus carros praticamente o dia todo sem as devidas punições da lei.

Cinco conselheiras foram eleitas no domingo – Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

AMADORISMO. O tempo passa, os exemplos seguem, e muitos ainda não aprenderam que nas redes sociais não existe segredo, não existe o termo ‘não repassa’, principalmente para áudios, fotos e informações. Toda essa situação complica quando o período é chamado pré-eleitoral, que nesse ano começou bem mais cedo e claro já nos dá uma prévia de como vai ser o ano de 2020.

PRETO NO BRANCO. Quem faturou com um desses amadorismos do dia a dia foi o vereador Peterson Crippa (PP) ao ter seu nome citado pelo pai de um deputado “lagunense”. No áudio, cita o vereador como ligeiro, com uma pessoa que quer se promover, e chama de mentiroso. Diz ainda que Crippa é um adversário político que quer fazer o nome dele. Na minha opinião, depois de eleito não se tem adversário político. Não é possível fazer uma boa gestão somente com os eleitores que o colocaram nessa função passageira. Sem dúvidas, Preto agradece o áudio já que esse sim o projetou mais um pouco no futuro político de nossa cidade. Às vezes saiu um tiro, e em outras sai um áudio pela culatra.

COBREI MEU NOME em uma das minhas fotos que se espalham nas redes sociais por achar justo ter meu nome divulgado pela autoria do registro em uma postagem nas páginas do deputado Felipe Estevão (PSL). Bastou para que a postagem fosse questionada – embora no meu direito – por uma pessoa que mencionou até que “Eu” como servidor comissionado (o que não é verdade) e que “Eu” não poderia ser crítico ao governo (Moisés, PSL) que paga o meu salário.

ORAS BOLAS, se paga é meu direito como servidor há mais de 36 anos de serviços prestados ao Estado de Santa Catarina de receber. Chegou ao ponto de me perguntar o quanto era o valor do direito autoral que iria “juntar aqui entre nós e te mandamos”. Certamente esse valor não faria falta em seus vencimentos pois esse cidadão, hoje ‘comissionado’, recebe de salário em cargo de comissão o valor de R$ 10.261,30, somados a esse valor uma comissão de R$ 7.285,75. Fechando a conta recebe bruto o valor de R$ 17.547,05. Após discussão resolveram dar os créditos na foto utilizada.

TEM ASSESSOR E “AÇEÇOR“. Mas uns ai vem colaborando para que a vaca vá para o brejo, com corta cabresto e tudo isso, sou obrigado a concordar que tem. Minha opinião de observador.

Para refletirmos: tem gente que nunca fez NADA, mas NADA… por outra pessoa (necessitada) ou entidade social. Agora aparecem em jantares, querem ajudar este, aquele, aquela entidade, querem ajudar o hospital, Apae… batem fotos com carinha de bonzinhos, hum, por quê será? Ah! Lembrei, ano que vem tem eleição. Tá explicado, desculpem, mas tinha que desabafar.

— O DESABAFO é do radialista Paulo Cereja (Transamérica), foi postada em uma rede social, e nós registramos acima. Parabéns, Cereja, realmente estão contaminando por onde passam, deixando suas peçonhas no caminho.

TEVE UNS E OUTROS que se filiaram a um determinado partido ainda sob o efeito tsunami que agora já estão de orelhas em pé sem um futuro certo para o próximo pleito. O efeito cascata vai vir lá da capital federal e vão sobrar lascas aqui na Terra de Anita Garibaldi. Uma coisa é certa: até 2020 promete muitas novidades de estremecer nossa cidade.

MAURO E ADA. Em sua página oficial no Facebook, o prefeito postou que estava na Secretaria de Estado da Educação, com o secretário Natalino Uggioni, acompanhado da deputada, tratando da continuidade da obra da escola Jerônimo Coelho e da reunião do Conselho de Educação para homologação de funcionamento do Colégio Militar. Foram boas notícias para Laguna, mas que a foto vai dar uma ciumeira isso vai.

FESTIVAL GASTRONÔMICO. Além de se destacar por suas inúmeras belezas naturais, prédios tombados, sua história e pelas atrações de verão, Laguna vem se consolidando também com uma programação que visa promover sua rica gastronomia. Em sua segunda edição, o Festival Gastronômico Sabores do Mar promete movimentar a cidade entre 15 e 31 de outubro. A abertura oficial acontece na segunda feira, 14, para convidados especiais. #sóacho.

Divulgação / Acil


ELVIS PALMA, 54 anos, é formado em administração de empresas, funcionário público estadual, fotógrafo e comentarista do Jornal da Manhã da Rádio Difusora de Laguna.


As informações e opiniões expressas neste texto, são de total responsabilidade do seu autor.