Arquivo Pessoal
 

A possibilidade de ser campeão pan-americano de jiu-jítsu é uma das razões que motivam o jovem lutador Vinicius Izidoro, a seguir firme nos treinamentos. Para confirmar sua participação na competição, que começa no próximo fim de semana, o lagunense fez intensa luta para conseguir patrocínios e apoio das esferas públicas locais e estaduais.

“Vou fazer cinco lutas na categoria. Se Deus quiser, vou ser campeão e poderei lutar o absoluto, onde terei mais alguns confrontos”, comenta. A garantia de que participará do evento veio com a compra da passagem aérea para os Estados Unidos, o que pode ser considerado como o último passo em solo brasileiro e o primeiro rumo às disputas em território ianque. A passagem foi adquirida com auxílio do deputado estadual Felipe Estevão (PSL).

Sob organização da Federação Internacional de Jiu-Jítsu Brasileiro (IBJJF, em inglês), o Pan-Americano deve reunir competidores de todo continente. Sobre o campeonato, o jovem afirma: “Minhas expectativas são as melhores do mundo e se depender de mim e de minha força de vontade serei campeão”. Por dia, o lagunense tem treinado três vezes para garantir bom desempenho nas lutas.

Recentemente, a IBJJF colocou Izidoro em destaque ao apontar que, atualmente, em seu ranking, ele ocupa a quarta posição mundial entre os atletas faixa azul da categoria pesado. As disputas em Nova Iorque podem garantir ao lutador de 18 anos, a primeira colocação ou posicionamento entre os três melhores no esporte.

Vinicius viaja para os Estados Unidos no dia 11 e retorna em 18 de setembro. Mas o lagunense não deve ter tempo para descansar, já que embarca, no dia seguinte, rumo ao Rio de Janeiro. Em terras cariocas, disputará o brasileiro sem quimono.