Foto: PRTB Laguna
 

Após a refundação do Democratas, a criação da comissão provisória do PSL e as conversas que podem levar à formação da UDN em Laguna, a seara política da cidade para 2020 deverá contar com mais um partido. Existente há 25 anos, mas formado pela primeira vez no município, o Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) apresentou seus diretores provisórios em evento no Mar Grosso, feito na última sexta, 30.

O primeiro encontro teve a participação de filiados, adeptos ao programa do partido e membros de outras siglas como o vereador Peterson Crippa e o ex-vice-prefeito Aderbal Zapelini Mendes, ambos do Progressistas. A comissão provisória, formada por Roberto Vandré (presidente); Santos Pedroso Filho (vice-presidente); Esmeraldo Malaquias (tesoureiro); José Luiz Freitas (secretário) e Paulo César (vogal), avalia o evento como positivo.

As metas do PRTB na cidade estão definidas para o ano de 2020, quando acontecem as eleições municipais. “Temos a ideia de renovar. Estamos vendo que é necessário renovar totalmente os poderes Legislativo e Executivo do município”, afirma Vandré, ao Portal Agora Laguna. Ele diz que já houve a definição do pré-candidato a prefeito, escolhido na área das forças de segurança de Laguna, e que alguns nomes se apresentaram para concorrer à vereança.

Presidente do partido em Santa Catarina, Newton José Schwinden Filho, que participou do encontro, diz que o acréscimo de mais uma cidade no radar do partido é avaliado positivamente. “Está sendo um desafio muito bom para nós [a reorganização do partido], tanto em Laguna, como em Joinville, Araquari e Blumenau. São pessoas novas que querem construir a nova política”, comenta, afirmando que acredita ter espaço para a sigla no cenário político catarinense.

Vandré diz também que o partido, que segue em processo de formação e organização, planeja fazer novos encontros mensais para discutir as eleições e captar filiados. Atualmente, segundo o levantamento de julho do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o PRTB tem apenas um filiado em Laguna. Os números devem ser atualizados nos próximos meses com a entrega das novas relações de todos os partidos do país.