Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
 

Resumo

  • Dívida estimada em R$ 8 milhões. Metade do valor são débitos federais.
  • Unidade não recebe repasses do SUS desde 30 de julho, que responde por 96% da receita.
  • Débitos impediram expedição de CND federal por via normal. Medida cautelar garantiu expedição de documento.
  • Hospital está há uma semana atendendo apenas urgências e emergências.
  • Plano emergencial deve conter diversificação de serviços e criação de portal de transparência.

A situação financeira e o plano de emergência para a recuperação da saúde contábil do Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos de Laguna será apresentada à população na noite desta segunda-feira, 26, às 19h30, no auditório da Udesc de Laguna.

No começo do mês, o médico-presidente da entidade, Fernando Henrique Pache, explicou à reportagem que o hospital estava com condições deficitárias de manutenção e que a dívida da unidade era estimada em R$ 8 milhões – metade desse valor devido à Receita Federal, o que impedia por via normal a expedição da Certidão Negativa de Débito (CND).

Sem o documento, o contrato com o Sistema Único de Saúde (SUS) que expirou em 30 de julho não pôde ser renovado. Como não estava recebendo recursos que mantivessem o hospital em pleno funcionamento, os atendimentos eletivos (raio-x, maternidade, entre outros) foram suspensos, sendo mantidos apenas as urgências e emergências.

Na quinta-feira, 22, uma medida cautelar garantiu a CND de caráter positivo com efeito negativo – que admite débito, mas permite firmar novos ou renovar contratos expirados. Desde então, o hospital aguarda apenas o término dos trâmites burocráticos para dar início aos próximos passos de sua recuperação.