Ilustração: Evilym Cardoso / Foto: Elvis Palma
 

LAGUNA SEM PERÍCIA na Agência da Previdência Social (APS) há quase quatro meses. O serviço deixou de ser realizado em 15 de abril e não voltou mais à cidade, mesmo após dois anúncios de retorno. Será que vai ser mais um daqueles casos que entra para a estatística do “Laguna já teve”?

APTO PARA O TRABALHO. Familiares ainda não entendem o resultado da perícia médica, em Capivari de Baixo. Seu Arlindo, tem 55 anos de idade, quatro infartos, e um AVC, usa cadeira de rodas e outros problemas, e foi cortado na perícia considerado apto para o trabalho. Recebi e registrei, mas não entendi também.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

SINO DO MUSEU. Esse sim já faz parte da estatística do que já tivemos e que também não voltou mais. Era manhã do dia 05 de agosto de 2016 na Praça República Juliana. Acontecia mais um evento comemorando a Semana Cultural de nossa cidade. Durante o evento um detalhe me chamou a atenção: a ausência do sino histórico no alto da escadaria. Foi quando questionei na época o presidente da Fundação Lagunense de Cultura sobre o que tinha acontecido e deu um corre-corre. Ninguém sabia onde foi parar o sino do nosso museu. Vizinhos comentaram que escutaram, estranhados, o badalo do sino durante a madrugada, essa teria sido a última vez. De lá para cá, completou três anos e no local uma insignificante placa explica o ocorrido.

POR UMA QUESTÃO DE SEGURANÇA, moradores do Ribeirão Pequeno se reuniram para discutir os problemas enfrentados pela “falta” de proteção. Furtos, desobediência, vandalismo, uso de drogas e perturbação do sossego alheio e ameaças não combinam com o dia a dia da localidade. Agora, é buscar os meios para dar um basta nessa situação.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

DEPUTADO “LAGUNENSE” EM BRASÍLIA. Felipe Estevão (PSL), presidente da Comissão de Pesca e Aquicultura da Assembleia Legislativa, cumpriu agenda, terça-feira, 06, na capital federal. Além de audiência na Secretaria Nacional da Pesca, o parlamentar participou da mobilização nacional em favor dos pescadores e da sessão solene, na Câmara Federal em homenagem ao setor pesqueiro. A movimentação, que atrai pescadores de todo o Brasil, foi batizada de Dia Nacional dos Povos das Águas.

COMÉRCIO ABERTO AMANHÃ, para quem deseja comprar o presente para o Dia dos Pais, as lojas estarão de portas abertas em horário especial, em mais uma edição do ‘Sábado Legal’. O comércio abre das 08h30 até às 17h, com várias atrações no Centro Histórico. A iniciativa é da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), que considera uma das datas mais importantes para o varejo, movimentando o comércio da cidade.

Evilym Cardoso

ADEUS AO PEREBENTO. Boto-pescador que pertencia à população residente do Molhes da Barra, foi encontrado morto na ontem pela manhã, 08. A informação foi divulgada pela equipe de pesquisadores do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos. O animal foi achado na Lagoa do Fundo, bairro Roça Grande, em Imbituba, local que fica próximo à divisa com a cidade de Laguna. Acho, mas #sóacho, que poderíamos rasgar esse título de Capital Nacional do Boto Pescador.

LA NO FAROL, COMUNIDADE PEDE AJUDA. Mais uma vez, moradores pedem apoio para limpar a SC-100, que ficou coberta com areia, prejudicando a passagem de veículos e principalmente das motos — inclusive, causando tombos de alguns motociclistas. Claro que isso é inevitável, até por questões climáticas, mas a limpeza pode ser feita de forma mais eficiente e, principalmente, de uma forma mais rápida evitando a cobrança dos moradores do local.

QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA. A frase pode ser considerada bíblica e se encaixa de forma exata nos dias de hoje. No mundo digital não falta quem faça isso, atirando para todos os lados e prejudicando em muitas vezes quem não tem nada com a história. Palavras são digitadas ao vento sem nenhum cuidado de quem está ali insanamente teclando. Cuidado com essas pedras atiradas para cima, elas costumam voltar de forma bem rápida.

ENQUANTO NOSSA GUARDA MUNICIPAL tem suas funções reduzidas a cada decreto, lá em Tubarão, a guarda tubaronense, recebe o reconhecimento do poder público municipal por contribuir para que a cidade azul apareça entre as 15 cidades mais pacíficas do Brasil, segundo o Atlas da Violência 2019. No índice estadual, Tubarão está em terceiro, atrás de Jaraguá do Sul e Brusque. Para o prefeito Joares Ponticelli (PP), o “resgate” das funções da Guarda Municipal teve um papel fundamental para esses dados. Bem que poderíamos copiar mais essa.

Foto: Prefeitura de Laguna/Divulgação

ELVIS PALMA, 54 anos, é formado em administração de empresas, funcionário público estadual, fotógrafo e comentarista do Jornal da Manhã da Rádio Difusora de Laguna.


As informações e opiniões expressas neste texto, são de total responsabilidade do seu autor.