Foto: Elvis Palma/Agora Laguna
 

Palco histórico de muitos bailes e festas da sociedade lagunense, a sede do Clube Blondin, fechado há anos, começou a receber na tarde desta quarta-feira, 15, os materiais para o início das obras de restauração da edificação.

A recuperação, segundo o Escritório Técnico do Iphan de Laguna, está orçada em R$ 1.020.727,91 e integra o conjunto de prédios tombados contemplados com verbas de restauro pelo PAC das Cidades Históricas.

“Estamos com a ordem de serviço assinada e aguardávamos apenas, desde o dia 17 de abril, a conclusão dos trâmites junto a prefeitura. Com o alvará já está em mãos vamos iniciar o planejamento efetivo da obra com a equipe”, detalha a engenheira Monique Peifer, da construtora Peifer, responsável pela obra, que tem prazo de conclusão previsto para 12 meses.

De acordo com ela, o primeiro passo será a colocação de tapumes para a proteção do prédio e impedir acesso de pessoas estranhas à obra. Além do Blondin, passam por restauração as sedes da União Operária e Carlos Gomes, Casa de Anita e Mercado Público.

Foto: André Luiz/Agora Laguna/Arquivo