Divulgação/Agora Laguna
 

Uma mulher, 45 anos, foi vítima de feminicídio, por volta das 13h40, deste domingo, 12. O crime aconteceu na Rua Laguna, no bairro Oficinas, nas proximidades do Loteamento Soratto, em Tubarão.

Adriana Joaquim era moradora de Barbacena, em Laguna. O principal suspeito, A.P., é policial militar aposentado e segue foragido.

Segundo a Polícia Militar (PM), a corporação foi acionada por testemunhas onde no local, a vítima do crime foi identificada. O filho de Adriana, relatou que estava em sua casa e por volta das 13h40 escutou o suspeito, ex-companheiro de sua mãe, chamando na porta do apartamento.

De acordo com ele, sua mãe, recusou-se a abrir a porta e então o homem efetuou alguns golpes vindo a arrombar e de imediato efetuou dois disparos de arma de fogo na cabeça de sua mãe.

Ao chegar no local, a PM e o Corpo de Bombeiros verificaram que haviam sinais arrombamento e a vítima estava caída logo atrás da porta, sendo possível identificar uma perfuração na região frontal da cabeça.

De imediato foi informado via rádio as outras guarnições de serviço quem seria o principal suspeito e o veículo que conduzia. Feito o isolamento da área e a Polícia Civil também foi acionada juntamente com a perícia. O IML esteve no local e recolheu o corpo.