Foto: Luis Claudio Abreu/Agora Laguna
 

Criada na sessão ordinária do dia 19, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) montada pela Câmara de Vereadores de Laguna para apurar supostas irregularidades na execução do Carnaval na cidade, teve seus membros nomeados pela presidência da casa do legislativo.

Nádia Tasso Lima (MDB), Osmar Vieira (PSDB) e Roberto Alves (PP), foram selecionados para participar das apurações. A comissão terá cinco dias para eleger o presidente e relator.

As investigações, conforme resolução da presidência, têm prazo de 60 dias, podendo ser prorrogados por mais 30 dias. Os parlamentares vão avaliar possíveis irregularidades, segundo a casa legislativa, na “contratação do trio-elétrico, contratos e convênios firmados pelo município e a cessão de espaço público durante o Carnaval 2019”.