Farmácia Atual - Plantão 24hAyesha Kfouri - Laguna
 

A emoção de percorrer os trilhos históricos da Ferrovia Tereza Cristina, construídos em 1884, quando a companhia ainda se denominava, em inglês, The Donna Thereza Christina Railway, foi revivida mais uma vez no domingo, 27.

Cortando diversas paisagens, em um passeio de quase quatro horas, a maria-fumaça preservada com muito cuidado, percorreu 67 quilômetros, animando 230 passageiros vindos de Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro.

“Quando as pessoas compram as passagens, elas não estão apenas fazendo um passeio de trem, mas sim, tendo a experiência dos antigos trens horários e principalmente ajudando na preservação da memória ferroviária no Sul do Brasil”, comenta Jefferson Vitorino, voluntário do Museu Ferroviário de Tubarão.

A experiência vem sendo realizada há alguns anos pela entidade, criada para preservar a memória ferroviária de Tubarão. Segundo Vitorino, nesse primeiro mês do ano, o espaço recebeu muita procura por informações sobre a história e os passeios. “90% são turistas de vários estados e turistas de fora do país, que estão hospedados na região”, destaca.

O passeio foi iniciado pouco depois das 8h, com a locomotiva dando partida da cidade azul, na sede do museu, e se dirigindo à Laguna, mais precisamente, para a plataforma da antiga estação da Bifurcação, situada no atual bairro Barbacena.

No cronograma de 2019, estão previstos passeios de maria-fumaça para Urussanga, no dia 24 de fevereiro, e mais um rumo à Laguna, em 10 de março. Todas as viagens partem do Museu Ferroviário de Tubarão.

Outras informações sobre passeios de trem ou acerca do museu podem ser obtidas pelo telefone (48) 3632-3450, ou diretamente na entidade, sediada na rua Pedro Zapelini, bairro Oficinas, nº 2200.

Foto: Jefferson Vitorino/Agora Laguna
Ayesha Kfouri - LagunaFarmácia Atual - Plantão 24h