Foto: PM/Divulgação
 

A Polícia Militar (PM) de Laguna e Pescaria Brava, prendeu nesta sexta-feira, 25, um homem por receptação, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa, em Pescaria Brava.

De acordo com a PM , a partir de informações da agência de inteligência e da Polícia Civil de Pescaria Brava, efetuaram campana próximo a uma casa abandonada, perto de uma pousada, pois era o local onde os autores de vários assaltos da região estavam indo depois de cometer os crimes para armazenar os produtos.

Por volta das 4h, foi avistado um veículo Duster, entrando no pátio da casa suspeita, em Santiago, no momento em que tiraram um veículo Gol que já estava na garagem e colocaram a Duster.

Neste momento, foi feita a abordagem pela polícia. Ao chegar na frente da residência o Gol já estava saindo no portão e ao tentar abordá-lo, quando viu a viatura empregou fuga, assim como outros dois homens que estavam dentro do pátio.

Na sequência, em acompanhamento tático, foi observado o condutor do veículo pegar algo de cima do banco do carona. Logo em seguida, ele apontou um revólver em direção a guarnição, e como a PM já sabia da periculosidade e violência utilizadas nos assaltos anteriores e o perigo iminente a vida, foi efetuado dois disparos contra o autor.

Os disparos não acertaram o criminoso, mas fizeram com que ele jogasse o revólver pela janela do motorista. Logo a frente, foi abordado o veículo que era dirigido por I. C. I., o qual estava somente com um celular no bolso. A polícia voltou para o lugar em que ele tinha jogado a arma e encontrado um revólver calibre 32, marca Rossi n°C2250xx, com seis munições intactas.

Foto: PM/Divulgação

Depois, foi deslocado até a casa abandonada e encontrada a Duster, roubada no Rio Grande do Sul, com placa adulterada, de São José, sem registro de furto. Dentro do carro haviam vários fardos de cervejas em lata, várias garrafas de bebidas destiladas e energéticos, possivelmente de algum crime recente cometido na região.

Na garagem, foram encontrados vários objetos dos furtos anteriores em postos de gasolina e residenciais, como portas moedas, várias notas e boletos. Foi efetuado cerco no local para tentar capturar os outros dois que fugiram, mas sem êxito. Então deslocado para delegacia de polícia para efetuar os procedimentos cabíveis.

Os produtos encontra-se na DP de Laguna, para reconhecimento das vítimas e formalização de entrega. A DIC também deu apoio na operação.

A ocorrência teve início durante a madrugada e conclusão no início da tarde desta sexta-feira.