Divulgação
 

Foi com surpresa que alguns funcionários comissionados da prefeitura de Laguna receberam a informação de seus desligamentos do cargo. Alguns foram avisados por telefone que não faziam mais parte do quadro de funcionários do executivo.

A notícia foi dada durante esta segunda-feira, 19, por um servidor designado para tal função.

As demissões foram necessárias por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Embora não estejamos ainda enquadrados, temos que nos prevenir conforme adverte o Tribunal de Contas do Estado (TCE)”, comenta o prefeito Mauro Vargas Candemil.

Foram em média 20 pessoas que devem ter seus nomes publicados no Diário Oficial do Município nesta terça-feira, 20. Outras exonerações não estão descartadas. “Amanhã temos uma comitiva de advogados e contadores no TCE para fazer uma projeção com base na receita. Desta reunião saberemos quantos mais podem ou não serem exonerados. À todos, a administração pública precisa deles, mas a receita projetada não acompanha nossas necessidades”, finaliza Mauro.